Como entender os sinais corporais em um encontro romântico

A ciência que estuda a linguagem corporal é conhecida como: Kinésica ou Quinésica e o que ela faz é estudar o significado expressivo ou comunicativo dos gestos e movimentos corporais percebidos pelos sentidos visual, auditivo ou táctil, de acordo com a situação.

A comunicação é uma parte essencial em todos os aspectos da vida diária e é um requisito fundamental para o sucesso nas relações de casal.

Flerte, curte ou paquera é um comportamento comum entre seres humanos que consiste numa discreta insinuação de interesse entre pessoas. Dele pode se originar um relacionamento mais próximo, desde que ambos os interessados tenham uma correspondência de afinidades.

O flerte obedece a certas normas sociais e comportamentais, aceites conforme a sociedade em que se encontra – como também não aceites em certas sociedades. Como regra geral existe a necessidade de uma prévia empatia entre ambas as partes, dentro de uma conversa amigável e prazerosa, onde ambos sentem-se atraídos, em princípio fisicamente, podendo evoluir até para uma atração sentimental e/ou emocional.

O flerte é reconhecido pelas suas peculiaridades, onde podem existir técnicas de persuasão e encantamento que podem facilitar o trabalho da pessoa interessada para conquistar outrem.

Tais técnicas podem ir desde um olhar de consentimento até sinais corporais (não-verbais) que significam diversos estados emocionais. Há obras no mercado que auxiliam principalmente pessoas tímidas a sentirem-se bem em flertar e desinibirem-se com mais facilidade.

Há pessoas que acham que o flerte é algo inútil, falta de criatividade. O flerte antecede o namoro, o qual é um compromisso maior que o flerte.

A postura que o nosso corpo adquire quando falamos com outra pessoa tem mais significado do que podemos imaginar. Dentro da linguagem corporal falamos de posturas abertas ou fechadas.

As primeiras são aquelas posturas onde não há barreiras como os braços ou as pernas entre um interlocutor e outros. Pelo outro lado, estão as posturas fechadas onde, por exemplo, se usam os braços cruzados para isolar ou proteger o corpo (de forma inconsciente na maioria dos casos).

Se pretende marcar um encontro ou se está interessada em alguém esteja atenta aos mais diversos sinais corporais que indicam e poderão ajudar a uma melhor compreensão dos sentimentos e das intenções do seu parceiro.

Chamadas de atenção

No encontro romântico são evidentes as chamadas de atenção tanto por parte da mulher como por parte do homem. A linguagem corporal não é exceção e existem vários sinais que revelam que a pessoa sente falta de atenção ou pretende concentrar a atenção toda para si. Os balanços corporais, a gesticulação excessiva e rir muito alto são sinais evidentes de chamada de atenção.

Sinais de interesse

Quando há interesse em alguém há sempre uma predisposição para mostrar tanto uma expressão verbal como em linguagem corporal – sorrir durante muito tempo, arrumar o cabelo ou inclinar o corpo em direção à pessoa são sinais que revelam interesse tanto na conversa como na outra pessoa, esteja atendo e perceba se ele está interessado em você.

Sinal de atração física

A atração física manifesta-se através de vários aspetos relacionados com a linguagem corporal, entre os quais são de destacar o fato de haver contato físico consentido, como um simples toque no braço ou no ombro, manter uma conversa ativa e tentar sempre abordar assuntos de interesse para ambos e não desviar o olhar da outra pessoa. Se alguém revela estes sinais durante um encontro é muito provável que sinta atração física.

Sinais de desinteresse

Ao criar um encontro romântico podem ser revelados sinais de interesse contudo existem também sinais de desinteresse por parte da outra pessoa, que pode estar apenas tentando ser agradável ou são apenas sinais que ele só quer ser amigo. Estes sinais são reconhecidos, por exemplo, pelo pouco contato visual, pela pouca mobilidade e pelo pouco interesse dos temas que aborda. Se nota que a outra pessoa não tem interesse nos assuntos abordados experimente mudar o assunto. Há de ter em consideração que cada pessoa é diferente e certos aspetos da linguagem corporal de desinteresse podem relacionar-se apenas com aspetos relacionados com a timidez ou vergonha, verifique situações como estas e faça-o sentir-se à vontade consigo, é a chave para o sucesso no encontro.

O quê nos dizem os nossos olhos?

Quando as pupilas se dilatam é indicativo de interesse e atração. Quando o que está na nossa frente é interessante, as suas pupilas crescem!

Contração de pupilas: mentira, raiva.

Piscar muito é sinal de nervosismo e inquietude. Quanto menos piscamos, maior o estado de tranqüilidade.

O contato ocular pode dizer muito. Não só demonstra confiança e controle, mas também em relação à quantidade de vezes que olhamos a outra pessoa e mantemos o contato, demonstra interesse, atenção e relevância, além de entregar um significado mais profundo a tudo o que dizemos.

Olhar de relance: sedução, interesse, curiosidade.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital