Intrometendo

Aqui você se intromete em tudo…

Como evitar erros no Namoro

A tarefa de namorar, pode parecer bastante simples, mas também poderá ficar complicada no início de um namoro.

O namoro é uma instituição de relacionamento interpessoal não moderna, que tem como função a concretização do sentimental e/ou ato sexual entre duas pessoas em troca de conhecimentos e uma vivência com um grau de comprometimento inferior à do matrimônio. A grande maioria utiliza o namoro como pré-condição para o estabelecimento de um noivado ou casamento, definido este último ato antropologicamente como o vínculo estabelecido entre duas pessoas mediante o reconhecimento governamental, religioso e social.

Namoro significa a relação afetiva mantida entre duas pessoas que se unem pelo desejo de estarem juntas e partilharem novas experiências. É uma relação em que o casal está comprometido socialmente, mas sem estabelecer um vínculo matrimonial perante a lei civil ou religiosa. Com a evolução da tecnologia, já é comum encontrar casos de pessoas cujo namoro se dá através das modernas formas de telecomunicação, como o telefone ou a internet. Assim, sendo, casais podem namorar apesar de estarem em estados, países ou continentes distintos.

Entre a maioria dos grupos cristãos o namoro descompromissado e liberal, ou seja, sem ter como objetivo o casamento e onde há relações sexuais, não é bem visto e até proibido, por atentar contra suas doutrinas originais, que solicitam pureza moral e abstinência sexual antes do casamento. Antigamente, o namoro expressava o ato de cortejar a pessoa desejada sem implicar qualquer tipo de intimidade. Esse conceito ainda se aplica quando alguém cobiça algo que deseja obter.

O início do namoro é a fase mais difícil, porque os parceiros ainda não se conhecem bem, ficam com medo, receios e dúvidas, muitas pessoas sequer sabem expressar seus interesses amorosos, podendo deixar um grande amor escapar, por timidez ou descuido.

Como evitar erros no Namoro

O ideal é sempre demonstrar que está interessado(a) pela parceira(o), o que ocorre é que muitas pessoas não assumem este papel, não querendo demonstrar interesse algum pelo outro, o sentimento deve ser demonstrado com atitudes e até mesmo pela fala, isso não é “entregar de bandeia” o interesse, mas sim, demonstrar que quer também uma relação duradoura.

Está maneira é a mais simples e correta de agir, diferentemente do que muitos pensam, demonstrar o interesse na outra pessoa, é uma atitude de coragem, podendo desencadear a auto-estima do outro, para chegar e cultivar essa relação.

Este interesse por alguém, só deve ser evitado, quando a pessoa está indisponível, sendo está, casada, namorando, ou compromissada de alguma forma com alguém, caso contrário, este interesse deve ser claramente evidenciado.

As pessoas possuem interesses diferenciados, por isso, no início da relação, depois que ambos assumiram este interesse, deve ocorrer bastante diálogo para chegar a um entendimento, assim o namoro poderá prosseguir e evoluir.

Achar que pode mudá-lo

Coisas pequenas, como colocar a toalha molhada em cima da cama, podem até mudar, mas traços de personalidade não. Insistir em tentar alterar características próprias dele só serve para fazer você se sentir ignorada e irritar seu paceiro. Ao perceber que não conseguirá mudá-lo, você tem duas opções inteligentes: aceitá-lo assim, caso sejam defeitos contornáveis, ou procurar outra pessoa mais compatível com você. Não insista em tentar mudá-lo de qualquer jeito – é perda de tempo.

Liste em um papel cinco qualidades que você procura em um parceiro e outras cinco com as quais você absolutamente não quer conviver. Este pequeno exercício evita com que você dê atenção a detalhes desimportantes ou deixe de prestar atenção ao que realmente importa.

A hora da cobrança

Onde vai dar nosso relacionamento? – é a pergunta que faz qualquer homem gelar. Eles não gostam de serem colocados na parede por uma decisão definitiva enquanto ainda estão se questionando. Não pressione, busque a resposta nas pequenas atitudes: repare se ele atende prontamente aos seus telefonemas, como trata seus amigos, se se preocupa em ouvir sobre seu dia. Homens pouco interessados não investem tempo e energia nesses detalhes.

Após um certo tempo de relacionamento, caso as coisas continuem indefinidas, converse calmamente e sem cobranças. Exponha seus sentimentos, fale claramente sobre o que está sentindo e não sobre o que espera que ele faça. Demonstre que é importante para você definir a relação para se sentir segura, e que não está aberta para qualquer outra pessoa que não ele. Dessa forma, você mostra que respeita seus próprios sentimentos e o ensina a fazer isso também – e ele, caso não compartilhe dos seus, tem a chance de se manifestar.

Abrir mão de seus interesses

Não manter os seus interesses presentes é o caminho para o fim da relação, e tentar ser uma continuidade dele e não você mesma só a torna uma pessoa desinteressante. As mulheres tendem a abrir mão de suas atividades no início de um novo amor, enquanto os homens não – mas manter sua individualidade e segurança faz você ser respeitada. Os homens admiram mulheres que viajam tranquilamente a trabalho, por exemplo, e gostam do tempo que têm para si – e ainda: quando se encontram, a relação costuma estar mais saudável.

Saia com as amigas, faça ginástica, busque sempre coisas que você possa fazer sozinha. Mantenha sua vida independente da relação a dois.

Esperança de um futuro melhor

Muitas mulheres ficam em relações ruins acreditando na possibilidade de que as coisas melhorem. Momentos difíceis acontecem, sim, e se a relação é baseada no amor até vale a pena tentar mais um pouco. Mas se as discussões são muito frequentes, e se pensar nele deixa você triste, não tem por que continuar junto.

Repare se seu relacionamento é baseado na comunicação e na confiança. Se perceber que as discussões são mais frequentes que os momentos felizes, repense a relação.

Seja sincera e objetiva

Fale claramente o que você está pensando, com frases como – Estou me sentindo insegura porque achei que você estava conversando com a minha amiga por muito tempo. Existe motivo para eu me sentir assim? – Dessa forma, você demonstra o que sente sem acusá-lo de nada. Acredite: é muito melhor assim.

Não saber pedir o que quer

Um hábito comum entre as mulheres é o de reclamar ao invés de pedir, o que conflita com o horror a reclamação que sentem os homens – se travam e não ouvem mais nada. Eles funcionam melhor quando a mulher expressa claramente o que quer. Um exemplo típico é o diálogo em que a mulher pergunta: – Você não quer sair para jantar? – Não, vamos ficar por aqui mesmo. – Você nunca me leva a lugar algum, estou cansada de ficar trancada aqui dentro – eis a reclamação que leva a noite por água abaixo. Aprendendo a pedir corretamente, você alcança seus desejos com mais facilidade.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital