Como lidar com namorado machista

Os homens eram extramente machistas nas épocas antigas, como os tempos mudaram e as mulheres estão ganhando cada dia mais espaço no que diz respeito à política, finanças, carreira e outros campos, só que ainda alguns homens são machista, o que pode interferir e causar sérios problemas na relação.

O parceiro pode fazer o que bem entender e a namorada é sempre obrigada a aceitar tudo o que ele deseja, isso é típico dos homens machistas. Em muitos casos, alguns precisam deixar de trabalhar ou estudar, com o intuito de viver exclusivamente em função dos interesses do companheiro.

Seja na sua escola, no seu bairro, no shopping, balada ou lugares que costuma frequentar, ainda é comum presenciar cenas em que o namorado é mal educado com a menina, não deixa ela falar, usa grosserias ou até mesmo agressões físicas – por menores que sejam. Esses são alguns dos sintomas de machismo em um relacionamento.

Não adianta. Os tempos são outros, o mundo é moderno, mas existem ainda aqueles homens que parecem saídos de um livro de história antiga e carregam o machismo no bolso, sempre com eles. Consideram a mulher um objeto, sempre inferior, quase de decoração. Não se importam com suas decisões e nem com suas vontades. Tudo o que querem é satisfazer os próprios desejos.

Como lidar com namorado machista

Não existem estatísticas – e nem um aviso na testa – que diga quantos ou quem é machista por aí. Para identificá-los é preciso abrir os olhos, prestar atenção nas atitudes antes de se envolver. Depois de casar, se livrar desse tipo de homem pode ficar até perigoso. Se o machismo parte dele ou é aceito por ela, no meio disso há uma falta de respeito enorme. Entender a própria condição é o primeiro passo para evoluir e mudar o comportamento. E psicoterapia também pode ajudar.

Quando esse machismo dura muito tempo, as mulheres tendem a perder a auto-estima, o amor-próprio e podem até entrar em depressão profunda.

Os machistas querem sempre estar no poder e controlam tudo o que acontece com a namorada, eles possuem um excesso de ciúmes, a preocupação com opinião alheia, a falta de educação, invasão de privacidade e tratamento como objeto sexual é um dos tratamentos machistas.

Em geral, o homem que é um namorado machista faz com que a mulher se sinta diminuída e sufocada, podendo em muitos casos ocorrer discussões e destemperos durante a relação.

O ideal é evitar as brigas, procurar conversar e colocar limites para cada um na relação, explique o que está ocorrendo e tente preservar a relação, observando a atitudes do parceiro.

Eles dizem que não, mas homens costumam ter o machismo em sua essência. Os pensamentos mais comuns são que mulheres não curtem filmes de ação, não gostam de carros e não sabem dirigir bem e muito menos entendem nada de energia elétrica. Se você tem um namorado com alguns desses pensamentos, ele com certeza tem um pouco de machismo em sua essência e com certeza vai tentar barrar alguns planos seus.

Como saber se ele é machista

Sabe aqueles garotos que tratam as meninas como objetos? Categorizando a bunda mais bonita, os peitos mais legais, sem se importar com os sentimentos dessas meninas? Eles estão sendo machistas.

Sabe aqueles meninos que diferenciam meninas para pegar e meninas para namorar baseados no comportamento delas? Eles são machistas! Afinal, toda menina tem o direito de se divertir! E, se errar, isso faz parte da fase de descobertas que é a adolescência (seja menino ou menina). Nem por isso elas serão menos bonitas ou ótimas namoradas quando se apaixonarem de verdade.

Ele te proíbe, define seus comportamentos e não gosta que você use roupas curtas? Pode ter certeza que ele fica de olho nas minissaias de outras meninas! Portanto, ele é, sim, machista. Já teve alguma atitude agressiva. Isso também é machismo.

Enfim, os comportamentos machistas são diversos, por isso, fique atenta à sua intuição. Se o comportamento dele fizer você se sentir inferiorizada, talvez seja a hora de repensar a relação, ok? Vejam algumas atitudes para identificar um homem machista.

Tarefas em casa é coisa de mulherzinha

Seu parceiro acha que cuidar da casa é coisa de mulher e por isso não lava nem a água do copo que bebe? Uma atitude machista como essa pode ser resolvida com diálogo para a cooperação mútua se realizar. Mas se ele permanecer irredutível quanto a essa ajuda e achar que seu papel em casa é ficar vendo jogo na TV e nunca cooperar, é hora de repensar a relação ou de procurar a ajuda de uma terapia de casal.

Ele a impede de trabalhar e de ter sua própria renda

Outra atitude machista é quando o companheiro a restringe financeiramente, ou seja, impede você de trabalhar fora de casa e passa a te dar uma quantia mensal para que possa usar para si própria. Nem ao menos um curso você está ‘autorizada’ a fazer. Quando questionado, ele diz que o papel de cuidar do lar é apenas do homem. Isso é uma forma dominante de exercer o controle total sobre sua vida e seus passos. Não há pessoa que resista a uma realidade assim sem perder o impacto dessa situação em sua autoestima e autonomia.

Decreta o fim da sua vida social afastando você de amigos e parentes

Você é ‘exclusividade’ dele e só dele. Por isso, a ordem é imediata: não quer você falando com amigos e parentes. ‘Nada de querer ficar de tititi falando com os outros sendo que você tem muita coisa para fazer em casa’, pensa ele. Para o homem machista, uma mulher extrovertida está sempre dando bola para todo mundo. Os machistas querem sempre controlar tudo o que acontece com a parceira, assim como as pessoas com quem fala e o que faz quando não está junto com o parceiro.

Ciúme excessivo e privacidade invadida

‘Por que você olhou para o lado?’, será uma frase recorrente num namorado machista, este que geralmente tem ciúme acima do normal da parceira e um medo enorme de ser traído. Dessa forma, envolvido na sua insegurança dominante, um simples telefonema ou mesmo uma checada no Facebook será motivo de desconfiança. Isso quando ele não verifica frequentemente o celular da parceira.

Um objeto sexual entre quatro paredes

Homens machistas acreditam que suas mulheres têm de estar sempre dispostas sexualmente para eles. Não costumam respeitar o desejo da parceira e não ligam para as preliminares. O egoísmo sexual reina entre quatro paredes e não rola aquela cumplicidade erótica saudável à relação.

Falta de educação sentimental

Ele, como o rei que se considera, deseja ser tratado com carinho o tempo todo. Mas acha que tem o direito de ser grosso e mal-educado com você e age pior na frente dos outros. E quando comenta com os amigos sobre você é sempre a respeito de algo negativo e depreciativo. Esse tipo de homem dificilmente usará palavras doces e agradáveis para exaltar seu companheirismo no relacionamento de vocês. Além de, muitas vezes, usar agressão verbal e/ou partir para a agressão física.

Julga as mulheres pelo que vestem

Outro clássico do pensamento machista é a frase ‘Se ela usa roupa curta é porque quer ser cantada’. E essa reflexão se reflete no estudo divulgado este mês pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que revelou que 65% dos brasileiros acha que mulher de roupa curta merece ser ‘atacada’. Se o pensamento assombra, o número assusta mais ainda. Toda mulher tem direito a sair com a roupa que desejar. Isso se chama autonomia. Portanto, se o seu namorado a proíbe de sair com a roupa que você gosta porque ele acha que você está ‘pedindo’ para ser ‘cantada’, seu namorado é machista

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital