Intrometendo

Aqui você se intromete em tudo…

Como manipular pessoas

Existem algumas pessoas que sempre tiveram a vontade de aprender a manipular as outras pessoas, para ter algum tipo de vantagem, para você manipular, controlar emoções e pensamentos de outras pessoas você terá uma tarefa complexa. Exige do manipulador completo domínio das próprias emoções, frieza no raciocínio e conhecimentos profundos da personalidade de quem se pretende manipular.

Como manipular pessoas

Levando-se em conta que, para muitos, reunir essas habilidades é algo natural, que não se pode “aprender”, existem métodos comuns à manipulação que podem ser praticados e exercidos. Aprenda agora alguns desses métodos de como manipular pessoas e controlar as próprias emoções. Ter controle sobre as próprias emoções é o primeiro passo para conseguir controlar emoções de outros.

Em uma situação hostil, mantenha a serenidade e a frieza. Mesmo que por dentro o instinto seja reagir e devolver a ameça da situação com mais hostilidade, seja indiferente. Não deixe transparecer as emoções negativas. O ponto de equilíbrio em um cenário desagradável é o positivismo. Exponha esse positivismo nas expressões corporais e faciais, mesmo que não seja real. Em momentos antagônicos ao hostil, em cenários de alegria, por exemplo, controlar as reações comuns de compartilhar e expor o positivismo precisa ser praticado. A indiferença, mais um vez, é a principal arma para a manipulação. Apenas através dela será possível manter o raciocínio lógico do que se pretende transmitir. A indiferença é apenas um exemplo de controle. Experimente variações de reação, como acompanhar emoções das outras pessoas.

Entenda como a mente de quem se pretende manipular funciona. Pessoas possuem reações psicológicas padrões a certos estímulos. Introduza cenários e momentos para poder explorar as reações do manipulado. De acordo com cada resposta, poderá calcular o ponto ideal para alcançar o que procura. Compartilhe histórias tristes. Pessoas se mostram abertas a ouvir umas as outras sobre infelicidade, como reação de projeção. Elas se imaginam no papel da outra e querem responder a isso como gostariam que fosse feito a elas. Use esse comportamento humano padrão a seu favor. Mas cuidado, há limites entre a identificação da projeção e o sentimento de abuso. Alguém com apenas tristezas para compartilhar se torna desagradável, quando esse é o único sentimento exposto. A tristeza alheia pode fazer a pessoa superior e no papel de ajudar. O inverso, a exposição da alegria, pode causas um comportamento contrário, de inveja e inferioridade.

Por fim, o ideal é sempre procurar saber particularidades da vida pessoal. Hábitos, preferências, gostos, experiências, tudo isso pode ser usado em favor da manipulação. Explore essas características para ter uma base de que tipo de controle deve ser praticado e o que evitar. Por fim, estabeleça uma relação próxima e íntima com a pessoa. Isso abrirá muitas portas para um infiltrar ideias e manipular sentimentos. Fique sempre próximo.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital