Como conquistar uma Garota

As pessoas que estão solteiras sempre buscam por alguém, alguns se acham tímidos e não tem coragem de dizer o que sente para o parceiro, assim fica difícil arrumar uma pessoa legal.

Conquistar é alcançar (algo); conseguir (determinada coisa), por esforço ou merecimento. É suscitar, provocar, granjear para si. Fazer aderir a; atrair ao seio de, para (algo). Atrair a consideração, a empatia ou o amor de; cativar. Ser bem-sucedido numa proposta amorosa.

Para conquistar uma menina você precisa focar em fazê-la se sentir especial, como se ela fosse a garota mais importante do mundo. Se você conseguir causar essa impressão, já será meio caminho andado para ela ficar “caidinha” por você.

Caso você não saiba como conquistar uma menina mantenha a calma pois, assim como você, muitos outros garotos não têm muita facilidade na arte da conquista. Lembre-se de que os tempos mudaram e, para a maioria das meninas, aquela história de esperar o príncipe em um cavalo branco está ultrapassada.

Existem algumas dicas que podem facilitar a vida das pessoas na hora da conquista para isso, é bom seguir alguns passos fáceis. Você primeiramente deve ser ousado, não fique tímido, tome coragem e vá em frente na hora da conquista, se abre, fale o que sente, não conte mentiras, se você tiver uma conversa interessante, certamente irá conquistar a pessoa desejada.

E nunca se esqueça, tenha sempre bom humor, o bom humor é uma das armas na hora da conquista, facilita muito a vida das pessoas, e deixa o nervosismo pra lá.

Como conquistar uma Garota

Para os homens bons que ainda não encontraram uma parceira adequada e não sabem o que fazer, darei agora algumas dicas. O faço unicamente para ajudar os bons, já que elas demonstram preferir os maus.

Estas dicas são apenas para que os desfavorecidos possam fazer frente aos preferidos e os ultrapassem na acirrada competição pelas fêmeas.

O jogo da paixão é uma batalha de sentimentos em que a mulher tenta vencer usando as carências afetivas e sexuais do homem. A intenção é conquistar o nosso coração para dispor, deste modo, da subserviência que se origina do estado de apaixonamento.

Para conquistar e encantar, existem algumas etapas. Na primeira, não temos contato algum com aquela que desejamos possuir. Na segunda, conseguimos o contato mas as intenções não estão reveladas. Na terceira, as intenções estão reveladas. A sedução de desconhecidas pertence à primeira etapa. A amizade pertence à segunda. Todas as relações que acontecem após declararmos o que queremos pertencem à terceira.

O trabalho de encantamento e sedução é o estreitamento da intimidade mesclado à indiferença e ao desinteresse, só assim você irá conseguir seu objetivo.

Fixe seu olhar em uma mulher qualquer que seja exageradamente “bonita”, metida, esnobe e pouco inteligente. Você a verá desviando-o. O que estará ocorrendo nestes instantes é uma rejeição, uma recusa oriunda de pensamentos.

É fácil adivinhar: que você é apenas um idiota a mais como qualquer outro, que não possui nada interessante pois, se assim não fosse, estaria com alguma potranca ao lado e desprezaria todas as demais. Logo, é perda de tempo ficar paquerando deste modo pois as damas que corresponderão serão apenas as muito “feias” e chatas que se sentem rejeitadas e não as melhores. Somente as desesperadas aceitam homens assediadores.

As mais desejáveis mantêm a guarda continuamente fechada e não adianta tentarmos penetrar. O que se deve fazer é levá-las a abrirem a guarda por vontade própria. Para permitir a abertura, você deve transmitir rejeição ou indiferença.

Deve encontrar um modo silencioso de dizer-lhe, como se não quisesse fazê-lo, que ela é desinteressante e que você não a nota. Para tanto, basta ignorar sua presença, evitando olhar para seu corpo e rosto. Mas isso não é tudo.

Uma vez que tenha procedido assim, você a terá incomodado, como poderá notar pelos seus gestos e movimentos (mexer os cabelos, movimentar-se mais, mexer na roupa, falar alto para ser notada etc.).

Começará a ser observado, com a visão periférica ou focal. Surpreenda-a, cumprimentando-a de forma ousada, destemida, antes que haja tempo para pensar e olhando nos olhos de forma extremamente séria porém ainda assim com certa indiferença. Se conseguir flagrá-la te olhando, não haverá outra saída além de corresponder ao seu cumprimento.

Neste momento você começará a conversar e daí por diante, tudo irá fluir.

Estas informações visam apenas ajudar os bem intencionados que são desfavorecidos na acirrada competição pelas fêmeas e não estimular a promiscuidade masculina. Se você as utilizar de forma errada, a culpa será toda sua.

  • 1.Nunca tente beijá-la se o olhar for desviado durante sua aproximação.
  • 2.Excite sua imaginação fazendo-a pensar constantemente em você, preferencialmente como um homem absolutamente diferente dos outros.
  • 3. Impressione-a fortemente sem se exibir.
  • 4. Seja misterioso.
  • 5.Oculte a intenção sexual até o momento de “dar o bote”.
    6.Conduza a conversa na direção dos problemas emocionais dela e não dos seus. Não fale sobre coisas idiotas.
  • 7. Espere pacientemente que a confiança vá se instalando.
  • 8.Tenha regularidade nas freqüência das conversas.
    9.Deixe-a definir a duração da conversa e dos intervalos entre uma conversa e outra.
  • 10. Jamais demonstre pressa ou urgência sexual.

Há uma personalidade específica, um tipo especial de homem que as mulheres assediam: o cafajeste, aquele que se aprimorou na arte de representar o apaixonamento para convencer e que, ao mesmo tempo, nada sente. Se o amor for real, será desinteressante. O cafajeste não se apaixona e ao mesmo tempo encarna a fantasia feminina. Transmite a falsa impressão de ser compreensivo por não se importar com o que sua parceira faz ou com quem anda, já que possui muitas outras e não quer compromisso. A procura somente para o sexo e a esquece por um longo tempo em seguida, fazendo-a oscilar entre a esperança e o desespero. Não a bajula, não é pegajoso. É distante e misterioso, já que precisa ocultar sua vida, suas intenções e o que faz. Tem todos os ingredientes de um amante perfeito e mau-caráter. Normalmente este tipo, são os preferidos pelas mulheres.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital