Como controlam a oposição à Nova Ordem Mundial

O tema comum em teorias da conspiração sobre uma Nova Ordem Mundial é que uma poderosa elite secreta com uma agenda globalista está conspirando para eventualmente governar o mundo por meio de um governo mundial autoritário — que irá substituir os Estados-nação soberanos — e uma propaganda abrangente cuja ideologia é controlar cada ser humano vivo do planeta Terra.

Todo mundo sabe que praticamente todos os países do mundo estão caminhando para a implementação da Nova Ordem Mundial, e para isso se concretizar, a elite global controlando toda a economia, o governo e os meios de comunicação, o engraçado é que a elite global, cria uma situação de controle total do sistema, controlando tanto a situação quanto a oposição.

A mídia em geral, sempre coloca a Coréia do Norte, como um local onde existe um ditador que está enfrentando o mundo ocidental, mas todo mundo informado sabe que a Coréia do Norte é uma oposição controlada da elite global, todos sabem que a potência mundial que está por trás da Coréia do Norte é a China, que usa esse pequeno local para fazer uma espécie de jogo bipolar de forças mundiais.

Já fizeram esse tipo de jogo com o Iraque, com o Irã, até mesmo durante a guerra fria, existia a falsa briga de Estados Unidos da América e União Soviética, todos sabem que esses jogos geopolíticos são uma grande farsa, os banqueiros internacionais e a elite mundial, juntamente com seus governos fantoches e a mídia controlada de massa, formam uma coalização que criam os dois lados de uma disputa falsa, qualquer dos lados que vencer, eles ganham de toda maneira.

O povo iludido e alienado pela escola, universidade e meios de comunicação do sistema, sempre acreditam nas mentiras divulgadas, sempre fingem fazer um jogo de situação brigando com a oposição, “partido A” está contra o “partido B”, tudo isso é um truque, uma distração, um truque criado para iludir e enganar os incautos, que são praticamente analfabetos funcionais. A elite quer que a educação mundial, seja feita a níveis extremamente baixos, e que todos os seres humanos do planeta Terra, tenham um conhecimento infantil, são apenas crianças que estão grandes, mas a mente é pequena e sem raciocínio.

A elite global, quer essas pessoas com a mente reduzida e com falsos ensinamentos como escravos, esses escravos trabalhadores em busca loucamente pelo dinheiro, as pessoas não pensam atualmente em nada, o nosso mundo está voltado completamente para o dinheiro, são relações de negócios pensando somente em lucros e nunca em prestar um serviço de excelência e qualidade. As empresas são criadas, não pensando nas pessoas, mas apenas no lucro e no dinheiro que irão ganhar.

A grande maioria das pessoas, está voltada apenas para o lucro e para o dinheiro, enquanto outras, querem se servir desse lucro gerado, sendo parasitas e sugadores do trabalho alheio, desta forma, que entra a elite global, que jamais trabalhou, vive explorando, enganando e sugando o esforço dos trabalhadores a nível mundial, vivendo criando falsas guerras, controlando a situação e a oposição, depois jogam tudo que eles querem que saibamos na televisão, em seus sites de internet e nas rádios do sistema, para que a massa escrava não tenha conhecimento de nada realmente verdadeiro do que está acontecendo ao redor do mundo.

As pessoas estão virando repetidores e copiadores de ideias totalmente idiotizadas, tudo que a mídia de massa diz é mentira, mas infelizmente a população acredita nessas mentiras. As verdades são proibidas de serem ditas nos meios de comunicação de massa. Os representantes fantoches do governo, fazem tudo que as mega empresas e corporações do sistema querem, e a massa de escravos alienados, vão consumindo os produtos que não valem nada, que a mídia diz que é boa coisa.

O mundo atual está todo dominado pela elite global e pela Nova Ordem Mundial e se você ainda não notou que é um mero escravo, você é alguém que além de escravo, está muito mal informado.

A intenção deles é ter total e completo controle sobre qualquer ser humano existente no planeta Terra e reduzir dramaticamente a população mundial em 2/3. Enquanto que o nome “Nova Ordem Mundial” é o termo mais frequentemente utilizado para nos referirmos vagamente a alguém envolvido nesta conspiração, o estudo de exatamente quem faz parte deste grupo é complexo e intrigante.

Em 1992, o Dr. John Coleman publicou o livro Conspirators Hierarchy: The Story of the Committee of 300 (Hierarquia dos Conspiradores: A História do Comité dos 300).

Com uma boa bolsa de estudo e uma pesquisa meticulosa, Dr Coleman identificou os jogadores e cuidadosamente demonstrou os planos da Nova Ordem Mundial para um domínio e controle mundial. Na página 161 do livro Conspirators Hierarchy, Dr Coleman sumariza com precisão as intenções e propósitos do Comité dos 300:

“Um Governo Mundial e um sistema único monetário, numa permanente hierarquia sem eleições que se auto nomeiam entre si na forma de um sistema feudal como era feito na Idade Média. Nesta entidade de “Um Mundo”, a população estará limitada por restrições no número de crianças por família, doenças, guerras, fome, até que 1 bilhão de pessoas que são inúteis para a classe administradora, em áreas que serão claramente e estritamente definidas, sejam o total da população mundial.”

Não existirá classe média, apenas governantes e escravos. Todas as leis serão uniformes de acordo com um sistema legal de tribunais mundiais que praticam o mesmo código legal unificado, reforçados por uma força policial e militar para impor as leis nos países formados onde não existirão fronteiras. O sistema estará na base de um estado de bem-estar, aqueles que forem obedientes e subservientes para o Governo serão recompensados com os meios para sobreviver; os rebeldes irão simplesmente morrer de fome ou serão considerados fora-da-lei e serão um alvo para qualquer pessoa que os queira matar. Possuir armas de fogo ou qualquer tipo de arma serão proibidas entre o povo.

A complexa rede enganosa que rodeia os indivíduos e organizações envolvidas nesta conspiração fazem “limpezas cerebrais” ou lavagens cerebrais, mesmo aos mais astutos entre nós. Muitas pessoas reagem com ceticismo e não acreditam, desconhecendo que foram condicionados a reagir com ceticismo por influência de instituições e pela mídia massificada. O autor do livro “The Top 13 Illuminati Bloodlines” (As 13 grandes linhagens dos Illuminati) diz que a maioria das pessoas têm barreiras mentais que impedem o cérebro de fazer uma examinação crítica a certos tópicos sensíveis. As “barreiras mentais” são um termo usado na CIA para um tipo de resposta condicionada que bloqueia o pensamento de uma pessoa e acaba com ele. Por exemplo, à menção da palavra “conspiração”, muitas pessoas reagem como se se tratasse de algo inventado por alguém saído dum hospital psiquiátrico, não querem sequer ouvir falar porque acham invenção, e é essa resposta que a elite global espera que tenhamos quando ouvimos falar de conspirações, para continuarmos a ser ignorantes em relação ao que querem fazer conosco.

O que muitas pessoas acreditam que seja a famosa “Opinião Pública” está na realidade a ser cuidadosamente manipulada por propaganda encriptada ou mensagens subliminares, feita para incitar uma resposta comportamental desejada pelos manipuladores. As votações de opinião pública são feitas com a intenção de calibrar a aceitação do público aos programas planeados da Nova Ordem Mundial. Uma exibição forte nas votações diz-lhes que a programação “está sendo feita”, enquanto que uma exibição pobre diz aos manipuladores da Nova Ordem Mundial que têm que refazer ou modificar a programação até que a resposta desejada seja conseguida.

Os conspiradores globais da Nova Ordem Mundial manifestam os seus planos através da manipulação das emoções humanas, especialmente medo. Nos séculos passados, eles têm repetidamente utilizado a técnica de propaganda que o pesquisador e autor David Icke tem caracterizado no seu livro, The Biggest Secret, como “Problema, Reação, e Solução“.

A técnica é a seguinte. Os estrategistas da Nova Ordem Mundial criam o Problema – financiando, montando, e treinando um grupo de oposição para estimular o conflito num poder politico estabelecido (pais soberano, região, continente, etc…). Em décadas recentes, os chamados grupos opositores são normalmente identificados nos meios de comunicação como ‘freedom fighters’ ou ‘libertadores’ ou ‘rebeldes libertários’.

O conflito é elevado para o palco mundial, e os meios de comunicação de massa com grandes quantidades de fotos e vídeos. Reportagens de atrocidades horríficas e sangrentas sofridas por civis inocentes. Assim é pedida a ajuda “Algo tem de ser feito!” e ai esta a desejada reação.

Os fantoches da NWO proporcionam a “Solução” enviando as tropas da ONU ‘Peace Keepers’ (Bósnia) ou a ONU ‘Coalition Force’ (guerra do Golfo) ou bombardeiros da NATO e depois tropas no solo (Kosovo), ou por causa de armas de destruição maciça, que evidentemente nunca serão encontradas. Uma vez instalados os soldados de paz, os ‘peace keepers’ nunca mais saem desses locais. A ideia é ter tropas controladas pela NWO em todos os países grandes e em áreas estratégicas onde resistência a NWO possa ser grande.

A parte corporativa da Nova Ordem Mundial é dominada pelos banqueiros internacionais, barões do petróleo e carteis farmacêuticos, também como outras corporações multinacionais. A família real inglesa, principalmente a Rainha Elizabeth II e a casa de Windsor, (que são na realidade, descendentes da realeza Europeia alemã – a família Saxe-Coburg-Gotha – mudou o nome para Windsor em 1914), são jogadores muito altos nos poucos governantes que controlam o topo da Nova Ordem Mundial. O centro das decisões fica em Londres, Basel Suiça, e Bruxelas (Sede da NATO).

As Nações Unidas, juntamente com todas as agências trabalham para a ONU, tais como Organização Mundial de Saúde, são jogadores o tempo inteiro do esquema. E a NATO é uma ferramenta militar da Nova Ordem Mundial.

Os Lideres dos maiores países industrializados como Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Itália, Austrália, Nova Zelândia, etc. (membros do “G7/G8”) estão ativos e plenamente cooperativos nesta conspiração. Neste século, o grau de controle exercido pela Nova Ordem Mundial tem avançado até o ponto que apenas certos indivíduos escolhidos a dedo, que são selecionados e manipulados tem a possibilidade de se tornarem o primeiro-ministro ou presidente de países como Inglaterra, Alemanha, ou os Estados Unidos. Não interessa se ganhava Bill Clinton ou Bob Dole nas presidenciais em 1996, os resultados teriam sido os mesmos. Ambos estão lutando na mesma equipe. Qualquer um que não jogue na equipe é imediatamente retirado.

Podemos concluir que todos aqueles que quiseram expor esses planos da Nova Ordem Mundial, estão mortos. Alguém se lembra do Presidente Kennedy (EUA), Ali Bhutto (Paquistão) e Aldo Moro (Italia). Mais recentemente, Admiras Borda e William Colby foram também assassinados porque ou não queriam fazer parte da conspiração para destruir o mundo, ou não colaboravam, ou tentavam expor os planos da Nova Ordem Mundial. A maior parte das grandes guerras, golpes de estado, problemas e crises econômicas dos últimos 100 anos (e antes) foram cuidadosamente planejadas e iniciadas pelas manipulações dessas elites.

Elas incluem a guerra Espanha – América (1898), primeira guerra mundial e a segunda guerra mundial; a grande depressão; a revolução Bolchevique de 1917; o aparecimento da Alemanha Nazi; a guerra coreana; a guerra do Vietnã; 1989-91 “queda” do comunismo Soviético; 1991 guerra do golfo; guerra no Kosovo. Até a revolução Francesa foi orquestrada pelos elementos da Nova Ordem Mundial.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital