Maçonaria controla todos os partidos políticos do Brasil

A Maçonaria mafiosa, corrupta e traficante de influências controla totalmente os partidos políticos no Brasil e em diversos países do mundo. Enquanto que de dentro da Maçonaria são poucos os membros que realmente sabem sobre o caráter ocultista da sociedade. A maioria dos membros é só mera massa de manobra, sendo a eles ensinados conceitos errados a cerca dos símbolos e ensinamentos nos menores graus.

Com a democracia no Brasil, a Maçonaria faz um controle ditatorial da política, porque controla todos os partidos políticos, tribunais responsáveis por fiscalizar as eleições, além de tribunais estaduais, responsáveis por organizar as eleições no Brasil, portanto só pode ser eleito, com o aval e com a autorização da Ordem Maçônica no Brasil. Estamos vivendo em uma Ditadura no Brasil, desde que a Democracia foi implantada no País, somos controlados pela Maçonaria.

Os meios de comunicação de massa que são concessões estatais, dadas aos amigos maçons dos governantes (fantoches eleitos), notadamente, sempre possuem os mesmos programas repetitivos, para controlar as massas de idiotas e alienados, com “pão e circo”, futebol para os homens e novelas para as mulheres, os donos dos meios de comunicação de massa, como canais de televisão, jornais de grande circulação e rádios, em sua maioria são formados por membros da Maçonaria e que para moldar a personalidade do restante da população brasileira, se utilizam de todos os métodos de alienação existentes, criando assim um povo alienado, sem educação e formação decentes, para serem controlados como gados e animais de fazenda pela Maçonaria.

“…A concepção da bandeira do Brasil deve-se a Teixeira Mendes que a justificou no Diário Oficial do dia 24 de Novembro. O dístico “ORDEM E PROGRESSO” foi tido na época como influência do positivismo e durante algum tempo, julgou-se que o positivismo estivesse ligado à influência da Proclamação da República. Hoje nós sabemos que o mote em questão é assunto maçônico relativo a grau elevadíssimo e que o primeiro ministério formado era, quase em sua totalidade, constituído de Maçons.” (Benoit Brito Mendes, mestre maçom)

Desde os primórdios de nossa história podemos detectar a presença rastejante da Maçonaria. A Independência do Brasil foi articulada pelos maçons com a finalidade de beneficiar a organização, enriquecendo-a, dando-lhe grande autoridade sobre o Brasil independente e, como sempre acontece, a Maçonaria realizou estas coisas beneficiando os ricos e os poderosos que escondiam-se em suas câmaras escuras, com um descaso histórico para com os pobres e oprimidos.

Os beneficiados foram a própria Maçonaria e seus interesses, não os interesses do Brasil. Basta que se analise a história da sociedade brasileira, desde seus primórdios, repleta de miséria, de dor e de sofrimento, porém sempre com uma elite se banqueteando em meio à miséria alheia.

O Brasil não possui nenhum partido político, nacionalista, nem de direita, todos eles lutam pelo socialismo e comunismo, existe uma falsa disputa entre os partidos políticos, todos eles controlados pela Ordem Maçônica, com a estratégia das tesouras, pela dialética comunista para controlar toda a política do Brasil. Partido político é um grupo organizado, legalmente formado, com base em formas voluntárias de participação numa associação orientada para influenciar ou ocupar o poder político. O poder político do Brasil está nas mãos da Maçonaria. Em nosso país nunca existiu Democracia, a Ordem Maçônica sempre colocou seus membros e pessoas sobre sua influência nos cargos eletivos das cidades, dos estados e do Governo Federal do Brasil.

Diante da gigantesca conspiração judaica-maçônica-comunista de hoje nada pode ser feito, porque eles são demasiadamente fortes para se vencer. Os membros dessa conspiração, contando judeus, maçons, comunistas e mais esquerdistas podem ser uns 40 milhões em todo o mundo, enquanto que as últimas estatísticas publicadas em 1955 dão um total de uns 2.572 milhões de seres humanos.

A elite política das pequenas e grandes cidades são formadas quase que exclusivamente por maçons, no Congresso Nacional do Brasil temos a grande maioria de maçons em seus quadros, como deputados e senadores, na presidência dos tribunais estaduais e nos tribunais superiores, temos maçons em seus quadros, os presidentes do Brasil, foram em sua maioria maçons.

No mundo acontece a mesma coisa, sendo que quase todos os sindicatos estadunidenses tem sido criados por judeus, sob pretexto de “defender os interesses da classe trabalhadora”; mas na realidade, para fazer do proletariado estadunidense um instrumento político do judaísmo, como através dos partidos socialistas e comunistas tentam faze-lo os judeus em todo o mundo.

A direção da maçonaria judaica se mantêm sempre em segredo, tanto a direção suprema da Grande Maçonaria Universal como a direção local em cada país. Além dos partidos oficialmente esquerdistas fundados por judeus-maçons, tem muitos de partidos políticos com bonitos nomes, que são também instrumentos da maçonaria judaica. Entre eles o Partido Democrata dos Estados Unidos, o Partido Conservador da Inglaterra e o Partido Democrata Cristão da Itália. Embora oficialmente esses partidos se apresentem como anticomunistas, sua política geral apoia o comunismo, tanto no interior como no exterior. A maçonaria judaica tem conseguido também poderosas infiltrações nos partidos realmente anticomunistas. Assim como a maçonaria judaica cria novos partidos políticos sujos ou se infiltra nos existentes, cria também seus jornais, quase todos de tendência liberal-esquerdista, como os famosos diários judeus “The New York Times” da América do Norte e “Le Monde” da França, os que fazem um sutil trabalho de propagação das ideias maçônicas-esquerdistas. Além disso, a maçonaria judaica busca infiltrar-se nos jornais de direita para impedir que tomem uma atividade verdadeiramente anticomunista ou antimaçônica.

Basta que se organize uma luta decisiva contra os conspiradores judaico-maçons, reunindo cerca de 5% da população mundial, excluindo os doentes e covardes, que o judaísmo e seus instrumentos e tropas auxiliares (Maçonaria) fracassariam em sua terrível tarefa. A defesa deve ser contra a judiaria e a maçonaria dos Estados Unidos, porque ali está o centro de toda a conspiração mundial. No momento em que o poder judeu-maçônico da América do Norte será posto ao descobrimento nos Estados Unidos, e isso não é impossível, pois basta abrir os olhos da massa cristã do povo americano, toda a conspiração mundial receberá um golpe decisivo.

A capacidade industrial da América do Norte, combinada com a insurreição dos povos oprimidos, são fatores decisivos em favor do mundo livre. Uma guerra atômica na situação atual significaria o assassinato de milhões de cristãos, enquanto que os judeus de todos os países, previamente advertidos por seus irmãos de um bando e de outro, escapariam do desastre como escaparam do desastre econômico de 1929, por eles provocado. Eles haviam sido prevenidos sobre a data da crise pelos bancos judeus e pela bolsa de Nova Iorque, com essa informação tomaram de forma antecipada as medidas necessárias a sua própria defesa, saindo ilesos de toda a crise econômica, enquanto que milhões de cristãos perderam todas as suas riquezas e o Estado estadunidense viu reduzida sua renda nacional em 50%. Atualmente a judiaria americana prepara uma nova crise econômica nos Estados Unidos. Todos os indícios mostram que a atuação criminal dos grandes bancos judeus que provocaram a chamada crise de superprodução de 1929, agora está dirigida ao mesmo objetivo.

Como ministros, deputados ou senadores nos países cristãos, a maçonaria judaica propõe e fazem votar leis totalmente adversas aos interesses dos povos cristãos, porém apresentadas como “necessárias para o bem estar do povo”, embora não fique claro em se tratar do povo cristão ou do judeu, a maçonaria judaica busca por todos os meios apoderar-se da educação da juventude, para dirigir sua ideologia. Se tenta e se tem conseguido em muitos países, nomear maçons como ministros da educação pública, para dirigir a juventude o mais distante possível dos princípios cristãos. Esse tipo de educação judaico-maçônica introduz o nacionalismo extremista e o ateísmo entre os jovens; quer dizer, prepara o terreno moral para a ideologia comunista.

Perseguindo as mesmas finalidades, a maçonaria judaica tenta suprimir a educação religiosa cristã em todas as escolas públicas e particulares, proibindo ou cortando as ajudas do Estado as escolas católicas como ocorreu recentemente na Argentina. Todas as agitações políticas e todas do tipo “nacionalista” dos povos coloniais, levantados nos últimos dez anos contra os povos brancos do ocidente, são o resultado da atuação secreta da maçonaria judaica internacional, ou seja pelos membros do ramo oriental da atuação conspiração judaica mundial. Sempre os judeus-maçons tentam atrair a simpatia das massas ignorantes, apresentando em todos os fóruns públicos propostas capazes de tocar os sentimentos das pessoas. Assim, ao mesmo tempo que a maçonaria judaica internacional trabalha em estreita colaboração com o judaísmo e o comunismo para subjugar ao mundo inteiro e escravizar aos povos, seus membros não deixam de se apresentar como “defensores dos direitos do homem”, inimigos do homicídio, “defensores da paz”, “lutadores pela liberdade do mundo”, etc. O leitor deverá ter sempre em conta esses detalhes.

O livro Romanian Masonic Order, em sua página 344 disse: “A Franco-maçonaria é uma organização judia cuja história, graus, símbolos e senhas convencionais são judeus do começo ao fim”. Esta é a definição da Franco-maçonaria feita pela publicação judia Israelite of America.

E Jean Bidegain em um discurso ante o Great Orient (Grande Oriente) da França adicionou: “Os judeus tanto por seu instinto de dominação como por sua consciência para governar criaram a Franco-maçonaria para ajuda-los em suas ações e colaborar com eles para estabelecer o reinado de Israel entre a gente”

Como a mídia e os meios de comunicação manipulam a política

Todos sabem que a mídia, a grande mídia de massa, que são as rádios, jornais e canais de televisão de grande circulação, podem controlar a opinião pública, e que qualquer cidadão que apareça alguns minutos em qualquer canal de televisão, vira uma pessoa muito conhecida, “da noite para o dia”. É exatamente dessa forma, que os heróis, grande políticos, grandes ídolos, são criados para a população alienada e idiotizada, os admirar.

Os meios de comunicação criam ‘falsos personas’, que são personagens para a população, que são vistos como heróis reais, mas que são falsos heróis, para poder fazer o papel de laranja, para governar uma cidade, um estado ou o Brasil e depois levar toda a culpa, mas na verdade, quem está dirigindo todos eles nos bastidores é a Maçonaria e o judaísmo.

Essas pessoas tem suas biografias criadas pela mídia, como defensores da população, como pessoas que pensam na sociedade, na igualdade e na divisão dos recursos para toda a população, sempre falam em “gerar empregos”, “melhorar a economia”, “dar incentivo as empresas”, mudar as leis em benefício do povo, mas o que vemos, é só corrupção, e um jogo pelo poder, se utilizando de dinheiro ganho de forma ilícita, para se manter eternamente no poder, criando uma estratégia das tesouras, para controlar a política e todo o poder se manter nas mãos da Maçonaria.

Como todo o sistema é controlado

Os banqueiros judeus como os “Rothschilds”, controlam toda a economia, por isso que todos os políticos são controlados pela Maçonaria, porque os judeus fundaram e controlam a maçonaria, os maçons servem como os gerentes dos banqueiros, para controlar a política, os meios de comunicação e tem seus dirigentes nas principais empresas, o restante da população que não tem ideia desse controle, são apenas trabalhadores vassalos desse sistema de controle.

Por isso que o nosso mundo se tornou totalmente materialista, com a publicidade e propaganda da mídia, a população se tornou escrava do consumo, fica distraída trabalhando para os maçons em suas empresas, para gastar o dinheiro que ganham, consumindo os produtos que a mídia controlada também por maçons lhe oferece como produtos de qualidade, que são na verdade, lixo.

A população do Brasil e do restante do mundo são controladas por esse processo. Por isso que os maçons são usados como laranjas, gerentes e idiotas úteis desse sistema, comandado pelos banqueiros e pelo círculo interno da Maçonaria judaica, conhecida como a Ordem Illuminati.

Para vocês que acham que os militares podem resolver o problema, e querem pedir a intervenção militar na política, saibam que os chefes das três forças militares, são controlados pela Maçonaria. Apenas os militares de patentes baixas, não sabem do controle e do plano, são apenas idiotas úteis, que recebem seu soldo e são usados como ‘massa de manobra’ por seus superiores.

Todos os grandes oficiais das forças armadas são controlados pela Maçonaria, suas carreiras são protegidas e facilitadas. As guerras são fabricadas pelas sociedades secretas, para levar a cabo milhares de mortos, afim de satisfazer os interesses das bancas judaicas internacionais que controlam todos os governos do mundo, ditos democráticos.

Estratégia das tesouras

O filósofo alemão Wilhelm Hegel descobriu que quando um grupo domina um local (thesis) é natural que nasça ali uma futura oposição. Para se evitar que uma ideia rival surja , cria-se uma ideia , uma oposição consentida (antithesis) desenvolvida pelo próprio sistema dominante que conserva as mesmas versões.

A direita capitalista neo liberal é uma criação dos israelenses sionistas Rothschild e Rockefeller mas a esquerda comunista pelo israelense sionista Karl Marx (Modercai Levy) . O israelense sionista Leon Trótski (Lev Bronstein) foi até o México e pegou dinheiro com os Rothschild e Rockefeller para criar a URSS.

URSS e EUA jamais declararam guerra formal dai surgiu a “guerra fria”. A Nova Ordem Mundial criou a URSS em 1917, a usou para justificar uma série de manobras políticas no mundo e quando não dava mais a fechou em 1991 como se fosse uma filial de padaria.

A China ainda é governada pelo partido comunista sendo esse partido que sustenta o capitalismo global, olha só que loucura, pois são todos de um mesmo grupo: Republicanos, Democratas, PT, PSDB, PMDB e todos os outros partidos criados pela Ordem Maçônica, eles utilizam a estratégia das tesouras para se manter eternamente no poder.

Este site foi criado por Luís Eduardo Alló (fundador e editor), bacharel em Direito, mineiro de Muriaé – MG e que adora trabalhar na web.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário


© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital