Misteriosas linhas no deserto do Cazaquistão

As misteriosas linhas vistas do solo, na superfície deserta da região de Turgai, no norte do Cazaquistão, parece bastante sem graça. Mas imagens aéreas de satélites da Nasa (agência espacial americana) revelam gigantescas figuras geométricas, que lembram as linhas de Nazca, no Peru, ou os geoglifos no norte do Chile.

Misteriosas linhas no deserto do Cazaquistão

Existem 260 traços organizados em cinco formas básicas. Sendo montículos, valetas e terraplenagens. A maior das estruturas, localizada próximo a um antigo assentamento do período neolítico, é um quadrado formado por 101 montículos, cujas esquinas opostas são conectadas por uma cruz em diagonal.

A Grande Cruz de Ashutastinsky, em Turgai, foi a primeira formação que Dmitriy Dey identificou no Google Maps.

Cruz de Ashutastinsky

Estes desenhos incomuns foram descobertos em 2007 por Dmitryi Dey, economista e amante da arqueologia, com a ajuda do Google Earth. Desde então, a origem e a função das formações continuam intrigando os pesquisadores.

Construir estas estruturas requer um grande número de pessoas e implica “um esforço enorme”. Até o momento, o estudo destas estruturas avança a passos lentos e os pesquisadores esperam que a divulgação das fotos da Nasa ajude a aumentar o interesse pelo tema. A Nasa, por sua vez, certamente está interessada: incluiu a obtenção de imagens como estas na lista de tarefas dos astronautas que estão atualmente a bordo da Estação Espacial Internacional.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital