Sistema de ensino foi criado para destruir a mente

O sócio-construtivismo é uma teoria que vem se desenvolvendo, com base nos estudos de Vygotsky e seus seguidores, sobre o efeito da interação social, da linguagem e da cultura na origem e na evolução do psiquismo humano.

A teoria sócio-construtivista na Educação Brasileira acabou destruindo a mente das crianças do Brasil, criando jovens e adultos submissos, apáticos, idiotizados, dopados psicologicamente com mentiras aceitas socialmente. Os adultos ensinados e alienados quando crianças por essa teoria sócio-construtivista na Educação Brasileira acabaram virando homens afeminados e medrosos, e quanto as mulheres viraram feministas completamente liberais e promiscuas, destruindo assim a identidade nacional e a unidade do Brasil, criando uma estrutura social fragilizada com o aniquilamento da “família” do “casamento” e da “religião”.

Toda a base da sociedade continua a ser destruída por esse comunismo sorrateiro e oculto, ensinado dentro das escolas, criando uma massa de trabalhadores mentalmente escravos, submissos, idiotizados, medrosos e alienados. O povo brasileiro e nossas crianças precisam ser salvas desse sistema de educação criado para anilar a mente dos jovens. O Governo do Brasil que é dominado por uma elite política controlada pela Ordem Maçônica Comunista, quer que nossas crianças sejam enganadas e ensinam mentiras e uma doutrinação da alienação completa, para assim dominar a todos como ‘animais de fazenda”, destruindo completamente a força de reação da população.

Os indivíduos viraram apenas “massa de manobra”, “escravos”, “vassalos” e seres completamente medrosos e inseridos a um sistema criminoso e ditatorial que controla o Brasil e grande parte do mundo. Querem que o Brasil continue a ser um local pré colonial, para que a metrópole dos países centrais roube todos os nossos recursos naturais, enquanto nos escravizam e nos distraem com trabalhos medíocres e alienantes.

Socioconstrutivismo do Brasil

O fracasso retumbante das nossas crianças no aprendizado da leitura e da escrita não resulta de nenhum equívoco acidental ou anomalia administrativa, mas da escravização sistemática da pedagogia nacional aos cânones do Marxismo, o Brasil teve um plano comunista para destruir a mente das nossas crianças, alienando as crianças e jovens, o plano continua a todo o vapor.

Socio-construtivismo é Marxismo. Pior: é marxismo soviético no sentido mais oficial e burocrático do termo. Luria, Vigotsky, Freinet, Emilia Ferreiro – os gurus máximos da educação brasileira – são todos devotos comunistas empenhados em produzir, “per fas et per nefas”, uma psicologia e uma pedagogia fiéis aos cânones do materialismo dialético. Não têm como alvo a inteligência das crianças, mas a utilização delas como “agentes de transformação social”.

Por isso é que sou contra o uso da palavra “doutrinação” para descrever o que se passa nas nossas escolas. Doutrinar é incutir idéias e crenças, o que pressupõe uma mente capaz de recebê-las. O socio-construtivismo age num nível muito mais profundo, desmantelando a inteligência das crianças na sua raiz mesma, no plano dos reflexos inconscientes e não das convicções. Sua adoção por todas as faculdades brasileiras de pedagogia foi um crime monstruoso, muito pior do que mil Petrolões e mensalões.

Todos os responsáveis pelo sócio-construtivismo imperante devem ser expulsos de seus cargos e proibidos de ensinar, a não ser que façam um “mea culpa” em regra. Esse sistema de ensino deve ser imediatamente aniquilado da face da Terra.

Dieta Vegetariana e vegana

A ideia do sistema é criar um exercito de escravos afeminados e gays, destruindo toda a capacidade de reação individual das pessoas, querem transformar todos os homens em capachos gays e transformar as mulheres em feministas que tem um ódio aos homens, para assim ser impossível o surgimento de famílias sólidas patriarcais, com esse objetivo concluído, seria impossível o fortalecendo da sociedade, da religião e das regras e costumes de uma nação verdadeiramente nacionalista.

O objetivo dos planos do vegetarianismo é destruir a masculinidade, transformando homens em capachos e adultos afeminados. Os homens e mulheres devem boicotar essas dietas veganas e vegetarianas criadas pelo sistema vigente de poder, que tem um objetivo oculto de destruir a mente das pessoas com uma dieta fraca de nutrientes.

Alienação na Mídia (Televisão, rádios, internet)

As torres de transmissão de televisão, as antenas de rádio, e os portais de internet da mídia mainstream controlada pelo governo que é controlado pelas sociedades secretas, querem doutrinar as pessoas a serem escravos, submissos, idiotizados, para aceitarem serem vassalos desse sistema de poder, criando pessoas materialistas, que só pensam em consumir o produto de última geração.

Todas as empresas de comunicação do Brasil e grande parte do mundo são de propriedade da Ordem Maçônica, como eles controlam o Governo, também é dado as concessões públicas desses sistemas de mídia de rádio e televisão aos membros das sociedades secretas, esses maçons querem impor ideias liberais, para criar adultos capachos, vassalos, submissos e alienados, em sua maioria homens afeminados e debiloides para serem controlados como “animais de fazenda”.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital