A fábrica de zumbis

A nova estratégia de repressão midiática para o controle de cérebros. No seu objetivo essencial, a chamada informação mundial (internacional e local), não está orientada para alimentar o conhecimento mas sim para a promoção da alienação e da ignorância em massa.

É o recurso de manipulação social mais eficaz que existe atualmente, que se utiliza da estrutura midiática do sistema para converter o cérebro humano em um microchip repetidor de slogans e frases de efeito. Funcional e essencial para se manter ao poder, estando a serviço da dominação global sem o uso das armas. O que explica porque hoje os países preferem as grandes cadeias midiáticas que substituíram os exércitos e as polícias nas tarefas de repressão e de controle social.

As novas operações repressivas e de controle social já não apontam uma arma para o corpo, mas sim investem na manipulação da cabeça das maiorias. O controle militar é substituído por campanhas planejadas de controle mental orientadas para esvaziar as maiorias de pensamento próprio. E criar uma manada submissa do consumo, comandados pela ordem estabelecida do poder dominante. E os centros de controle repressivo já não se encontram nos quartéis militares, mas nos grandes estúdios da televisão mundial.

E ao contrário da repressão militar, a repressão midiática já não mata com balas. Mata com imagens, títulos e slogans, manipulando psicologicamente, e orientando a tudo e a todos para ter um comportamento social maciço em direção aos objetivos do poder econômico mundial, controlados pelos proprietários dos grandes consórcios midiáticos hegemônicos em seus respectivos países.

Funcionalmente, o controle mental com a informação em massa, é uma técnica orientada para captar e / ou manipular o comportamento social das maiorias, controlando suas emoções e sua capacidade de reação individual, tem como finalidade o encaminhamento de comportamentos (sociais ou individuais) para os fins desejados pelos governos e grupos de poder do sistema capitalista dominante.

Em suma, a nova estratégia repressiva (com a informação manipulada como coluna vertebral deste sistema) já não mata o corpo, mas a cabeça. Os novos bombardeamentos midiáticos repressivos com informação manipulada estão destinados a destruir o pensamento reflexivo (informação, processamento e síntese) e substituí-lo por uma sucessão de títulos e imagens dissociadas que possam manipular e deformar a compreensão da realidade totalizada (alienação controlada).

Desta maneira as colunas midiáticas se tornaram a nova ferramenta estratégica da repressão social e dos novos golpes de estado parlamentares que se projetam da América Latina para todo o mundo globalizado. E assim como o sistema capitalista fabrica pobreza maciça, as novas estratégias de repressão midiática fabricam zumbis humanos em massa, totalmente idiotizados e alienados.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital