A Farsa Política no Capitalismo

Os presidentes, os políticos, os juízes e os deputados são uma fraude e estão a serviço do “roubo legal” do sistema capitalista globalizado. O sistema político, o sistema parlamentar e o sistema Judiciário (tanto a nível local como internacional) são parte integrante do sistema capitalista para controlar países e roubar suas riquezas, sendo usados para a “Legalização” desse roubo.

Esses poderes formais (controlados pelo poder econômico imperial real) são funcionais ao poder do roubo econômico de mercado tanto em países periféricos como nas metrópoles centrais.

Desde onde se exportam os ” modelos ” de exploração econômica (votados pelas maiorias ignorantes e alienadas nas urnas) com o dólar como moeda padrão, isso é o que acontece em muitos países pelo mundo.

Empresa de ladrões

A partir do seu próprio nascimento histórico o sistema capitalista foi só uma vulgar empresa de ladrões comuns que inventou uma civilização para roubar, e cuja verdadeira essência injusta e exploradora se esconde atrás de instituições e organizações internacionais apresentadas como “Democráticas”. Cuja função é cobrir a legitimidade legal das depredações e assassinatos planetários a favor dos capitalistas para colher rentabilidade comercial e concentração de riqueza em poucas mãos.

O emergente desta predação global está registrado estatisticamente nos ativos e em ganhos siderais dos bancos e mega empresas transnacionais que controlam os mercados e países. Aos que fazem parte dos 500 super bilionários (dos EUA e das metrópoles centrais) cujas fortunas pessoais juntas ultrapassam o equivalente ao resto da população do planeta. E estes números de biliões do roubo capitalista (legalizado e em alta escala) estão depositados escondidos e clandestinamente nos paraísos fiscais.

Os empregados do roubo

E neste cenário de assalto legalizado, os sistemas políticos, judiciais e parlamentares cumprem o papel administrativo e repressor que o sistema precisa para manter a governabilidade (Econômica, política e social) do roubo sem resistência social. Tanto os presidentes, os políticos, como os juízes e os legisladores parlamentares são apenas funcionários corruptos (e substituíveis) do poder capitalista real. Estabelecido como norma institucional nivelada do mundo globalizado.

Nem os presidentes, nem os políticos, nem os congressistas movem um dedo sem a aprovação dos lobbies econômicos financeiros dos Estados Unidos e das metrópoles centrais. Nos países periféricos (como a Argentina, por exemplo) os presidentes de turno, políticos, juízes e parlamentares estão apenas para legitimar o roubo capitalista com eleições, democracia e “voto popular”. Além de ditar leis (legislações de abertura sem entraves aos bancos e empresas transnacionais), E executar a aplicação da legalização do roubo através do poder judiciário.

A corrupção é o salário dos empregados

O pagamento por esses serviços é a corrupção financiada pelas próprias empresas e bancos transnacionais. Mecanismo pelo qual presidentes, políticos, juízes e legisladores fazem da corrupção a sua própria empresa capitalista rentável que os transforma em novos ricos. Desta forma, políticos, juízes e parlamentares compõem sua própria corporação de poder (subordinado ao poder real) na estrutura global do roubo capitalista.

E nesse esquema funcional perverso, o círculo oculto do roubo capitalista se complementa com os meios de comunicação social e os jornalistas mercenários do sistema. Que cumprem a nova função de exército repressivo (em substituição dos militares). E formam a espinha dorsal da alienação de cérebros. A constituir a ferramenta fundamental do endereçamento do voto e o consumo capitalista com manipulação de psicologia e comportamento social em massa.

Em síntese, todo esse sistema do roubo capitalista (com ocultação e legalização do roubo) continua ou reinicia quando um alienado ignorante em massa (chamado de “gado” pelos senhores do mundo) deposita o seu voto na urna. E legitima, como seus governantes os seus próprios carrascos.

Este site foi criado por Luís Eduardo Alló (fundador e editor), bacharel em Direito, mineiro de Muriaé – MG e que adora trabalhar na web.

Próximo

Anterior

Estratégia das Tesouras Estratégia das Tesouras
Brasil - Ditadura Maçônica Comunista Brasil - Ditadura Maçônica Comunista
O homem foi realmente a lua? O homem foi realmente a lua?
Jogo dos Illuminati: A Nova Ordem Mundial - INWO Jogo dos Illuminati: A Nova Ordem Mundial - INWO
Como o Brasil está perante a Nova Ordem Mundial Como o Brasil está perante a Nova Ordem Mundial
A fábrica de zumbis A fábrica de zumbis
Intrometendo - O único local onde se encontra a verdade Intrometendo - O único local onde se encontra a verdade
Nova Ordem Mundial – New World Order (NWO) Nova Ordem Mundial – New World Order (NWO)

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital