Brasil volta a Ditadura Militar

Ditadura militar ou regime militar é uma forma de governo autoritário onde o poder político é efetivamente controlado por militares. Como qualquer ditadura ou regime, ela pode ser oficial ou não e também existem formas mistas, onde o militar exerce uma influência muito forte, sem ser totalmente dominante.

Se na ditadura-civil militar de 1964 a 1985 o serviço secreto foi o pilar do poder autoritário (decidindo quem iria ser os presidentes da República)tendo um sustentáculo do terrível aparato de repressão, na democracia o órgão nunca encontrou uma posição adequada dentro do Estado.

Permaneceu sendo um órgão civil controlado por militares. A Abin atua oficialmente nos campos interno e externo, algo impensável nos países que respeitam o Estado Democrático de Direito. E continuou agindo na clandestinidade para proteger presidentes, ao mesmo tempo em que se envolvia em operações que acabavam por desestabilizar governos (FHC e Lula foram os dois últimos presidentes a provar desse método).

Há anos, o serviço secreto luta para aumentar seu orçamento e sua posição na hierarquia dentro do Estado. No passado recente, chegou a reivindicar o direito de fazer escutas telefônicas e conceder porte de armas a seus agentes. Segue querendo mais poderes e recursos, e não abre mão de carregar a pesada herança dos tempos da ditadura.

Bernie Sanders, denunciou duramente o impeachment da presidente do Brasil democraticamente eleita, que ocorreu um golpe no Brasil. Ele acrescentou: “Para muitos brasileiros e observadores, o controverso processo de impeachment se assemelha a um golpe de estado.”

A declaração de Bernie Sanders mostra como as elites do Brasil, praticamente unificadas em favor do impeachment de Dilma, tomaram medidas para omitir a impopularidade de Temer, o que não se sabe é o seu interesse em tudo isso.

O próprio Temer, temendo vaias, exigiu a quebra do protocolo para que não tivesse seu nome anunciado na cerimônia de abertura das Olimpíadas.

Uma das primeiras medidas do presidente interino, Michel Temer, foi (re)militarizar a Abin, adotando o mesmo padrão de 1964, quando o serviço secreto funcionava como a viga-mestre do poder autoritário.

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital