O preço de ser anti-sistema

Saiba que você pode sobreviver dizendo a verdade, além do duplo discurso e da falsa moral dos sujeitos em massa do sistema? Sim, você pode. Mas antes tem que construir um abrigo de aço para suportar o isolamento e a solidão. Esse é o preço. Bancará de pé a notação de louco. Conviverá com um vazio ao seu redor. E humanizará a sua cabeça com um novo programa de compreensão do mundo e do sistema criminoso que destruiu a sua sorte. E que (a forma de produto final) converteu o ser humano no pior inimigo da vida e da espécie humana.

Os anos têm duas versões. Os anos do calendário. E os anos da cabeça Os anos do calendário são os que te pesam no corpo. E na psicologia. Os que te transformam em nada. E os que te aposentam. Como um preservativo usado do sistema. Os anos da cabeça, não tem calendário. Não te reformam nem te transformam em uma estátua. De Zumbi que caminha. Te mantêm vivo. Mesmo que lute contra os moinhos de vento.

Portanto ou você está do lado do sistema que só quer te controlar e destruir e depois descartar, ou estará do lado da vida, onde poderá pensar realmente com a sua cabeça, ter ideias próprias, vontades, liberdade que te custarão bastante caro, já que os alienados e as massas irão defender o sistema a todo custo para continuarem a serem escravos.

Os escravos amam ser escravos e se acham livres, o sistema manipulou a mente das massas alienadas a ponto delas defenderam a todo o custo a manutenção da escravidão no sistema capitalista, qualquer discurso contra, será taxado de comunista, revolucionário, louco, anti-sistema e outras coisas do tipo.

As massas alienadas lutam pela sua prisão, porque não sabem que estão lutando, não tem consciência de como as coisas funcionam, nem sabem que existe um sistema complexo por trás de tudo, acham que são livres e soltas e que não estão sendo levadas a crer em absurdos e a defender ideias que não são da sua própria cabeça, mas sim foram colocadas lá pelo sistema.

Anti-sistema, ou anti-grupo, ou contra-poder se refere a pessoa ou grupo de pessoas com uma ideologia de insatisfeitos com a política ou com as normas sociais estabelecidas por reclamações ou ações que visam alterar o “status quo” vigente. Essa corrente de pensamento também engloba a anti-globalização, o anti-capitalismo e a não conformidade geral militante dos movimentos cívicos e éticos, associações e até mesmo partidos políticos.

Os meios de comunicação utilizam um sentido pejorativo para se referirem a tudo o que os dissidentes ou as pessoas de posição contrária e subversivas ao sistema existente ou atividades fora da corrente principal política ou social. Desta forma, a mídia desqualifica todos que são anti-sistema, como criminosos, subversivos e violentos, os chamando de bandidos, já que não concordam com a política nem com o sistema social de exploração e escravidão existente.

As massas alienadas (escravos e explorados) não se rebelam também e se unem ao anti-sistema, porque estão completamente idiotizadas e alienadas pela mídia oficial, já que ama o seu entretenimento e suas distrações. O movimento anti-sistema acaba sendo enquadrado nos movimentos de espectro anarquista, comunista, fascista, ecologista, anti-capitalista, que pode chegar a se unir e combinar (apesar de suas enormes diferenças).

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital