Intrometendo

Aqui você se intromete em tudo…

A verdadeira Revolução no Mundo

“Em uma época de degeneração, defender uma ordem de valores diferentes é um ato revolucionário”. Matt Koehl

A verdade é que atualmente todo o mundo, vive em estado de repressão total. Todos os governos estão sob o poder de traidores motivados por um sentimento totalmente anti-nacional e que servem como marionetes de interesses capitalistas. O Mundo está em estado de emergência, danificado moralmente e espiritualmente. Os políticos representam o pior do Povo, estão defendendo interesses de ricos e poderosos em um sistema totalmente dominado pelo capital, em um mundo em que o acúmulo de dinheiro e bens materiais se tornou uma religião mais importante que qualquer moral ou princípio. O Mundo perdeu o contato com o mundo natural, os verdadeiros valores foram substituídos pela infinita busca por uma suposta felicidade pessoal que se encontra no dinheiro. A vida nesse mundo é tão material, que a nossa presença parece ilusão.

O Sistema mente sobre a democracia, isso todo mundo já percebeu, até mesmo o mais desavisado dos cidadãos. Nenhum dos governos que se intitulam democráticos possui algo de democrático. Seus dirigentes não se importam com o bem estar do próprio Povo, o fato de terem sido eleitos por uma maioria, não significa absolutamente nada, quando está é a única maneira disponível pelo governo e quando as pessoas são totalmente individualistas e não pensam no bem comum.

A ideia de voto tenta passar uma falsa ilusão de que o sistema “democrático” é feito pela população. A democracia perde o sentido quando as pessoas votam visando apenas os interesses pessoais.

A cada dia, mais e mais imigrantes que não possuem nenhum vínculo com países sul americanos invadem a terra de nossos antepassados, e a cada dia o governo, que deveria representar os interesses do Povo, garante mais direitos à essas pessoas, até mesmo mais direitos que os próprios cidadãos brasileiros. A imigração em massa rende mão-de-obra barata e é apoiada por políticos corruptos sustentados por indústrias capitalistas que querem pagar menos pelo trabalho manual e preferem importar trabalhadores escravos à empregar seus semelhantes.

Por décadas esse sistema doente e criminoso vem enganando o próprio Povo e criando uma ilusão de liberdade, democracia e igualdade racial. Através da mentira da igualdade que é propagada por toda a mídia controlada pelas sociedades secretas e que se diz politicamente correta, eles visam aniquilar o senso de identidade e manipular os brasileiros em sua própria nação. Quando fala-se em Estado e Sistema não estamos apenas nos referindo ao Brasil, mas sim a todo o mundo.

É através desse sistema, que o Estado criou uma ilusão de paz e liberdade, domesticando as pessoas como animais mansos e obedientes. Os altos ideais como raça e nação são condenados, seus defensores perseguidos e silenciados. Enquanto isso, o Sistema promove manifestações culturais, totalmente doentias e ultrajantes – como a degenerada arte moderna – onde se cultua a decadência e quebra com qualquer tipo de tradição e amor à própria história e a pátria.

Os sintomas da degeneração estão presentes em todos os lugares, essa infelizmente é a nossa realidade. Engenheiros sociais modelam um novo tipo de comportamento totalmente individualista em que o sentido da vida é a felicidade pessoal, vimos isso claramente nas redes sociais modernas, que cultuam o egoísmo e as modas fantásticas e absurdas. A busca por essa felicidade encontra-se no dinheiro e no consumismo desenfreado. Os jovens estão mais preocupados com “curtir o momento” do que com grandes ideais. O sentimento natural de dever e aprendizado foi totalmente destruído, o único dever é o dever com si próprio e com o seu próprio umbigo.

O capitalismo e a globalização procuram a destruição das fronteiras, de nações e de identidade racial. As empresas multinacionais da globalização representam uma total ameaça à uma sociedade saudável. Estas grandes corporações estão apenas à procura de lucro, não havendo nenhuma noção de ética ou de moral dentro da selva capitalista. A globalização, ao destruir a identidade, cria uma massa completamente despreocupada com altos valores, e na ausência destes valores não há mais nenhum ideal ou objetivo superior a ser defendido, e assim a sociedade se torna absolutamente consumista. O ser humano passa de homem à consumidor e escravo submisso.

O cinema, através de Holywood, da música, da televisão e de todo tipo de entretenimento, é que os Estados Unidos da América exportam um estilo de vida materialista e capitalista como modelo de comportamento, alienando os jovens com uma cultura globalista e anti-nacionalista. Os EUA promovem uma anticultura totalmente voltada ao consumismo e o propaga pela Europa e mundo afora. Esta anticultura não possui história nem significado, apenas o único objetivo da imbecilização e idiotização dos jovens e adultos para se sentirem internacionalizados e dóceis para a aceitação de um modelo econômico neoliberal, também reforçado por organizações criminosas da globalização como a ONU e o FMI. O fim destes agentes capitalistas – não só americanos – ao exportar esse estilo de vida e modelo econômico para países pobres não é ajudá-los, mas criar novos mercados com novas possibilidades para exploração e uma alienação mental que impede qualquer tipo de contestação. Capitalistas tornaram-se fortes, criaram leis e um sistema de repressão que os protege contra qualquer revolta ou tentativa de divulgar a verdade, e assim cuidam para que não hajam reivindicações ou mudanças na (des)ordem atual vigente, por isso nosso site é censurado por todo tipo de aparato possível.

Os guardiões desse Sistema doente, que são a polícia, fazem de tudo para conter qualquer tipo de revolta contra a ideologia massante politicamente correta, membros destas organizações que mantém fisicamente a repressão, representam a tirania do governo e não passam de traidores para o próprio Povo e da pátria, além de lutarem para que os defensores dos valores nacionais sejam silenciados e aprisionados das maneiras mais medievais possíveis. A liberdade de expressão é garantida, desde que se promova valores doentios e a imbecilidade generalizada que a mídia controlada pelas sociedades secretas (Maçonaria, illuminati e etc) aceitem, e nunca se fale contra o Sistema e contra as forças ocultas que o regem de uma forma criminosa.

Muitos camaradas preferem ignorar a questão que se refere ao Estado, Sistema e governo, concentrando-se apenas na questão racial. Mas a verdade é que a atual situação do mundo e dos brasileiros deve-se ao que o Sistema tem feito. Doutrinando o Povo para uma falsa moral politicamente correta, protegendo a serpente do sistema, os patrões capitalistas, proibindo e aprisionando qualquer dissidência, permitindo uma imigração em massa que vem destruindo a nossa cultura, essa serpente deve ser aniquilada.

Devemos compreender que enquanto houverem empresas capitalistas e multinacionais, tais como McDonalds, Nike, Coca-Cola, sustentando uma economia neoliberal dentro do processo de globalização, o Sistema continuará existindo, o modelo de vida anti-cultural, anti-brasileiro e modernizante continuará a ser promovido, e com isso, o fim de toda identidade nacional. Devemos boicotar tais empresas e considerá-las nossas inimigas. Graças a sua ideologia consumista que levou todo o Ocidente ao total conformismo e o fez entrar em processo de decadência. O fato de estarmos encarando o fim do nosso nacionalismo é observar o problema por um ponto de vista muito superficial, deve-se enxergar mais além e entender a raiz do problema. Não trata-se apenas da lavagem cerebral da mídia controlada pelas sociedades secretas, mas também das grandes corporações que a patrocina e que ajudaram a criar o que hoje chamamos de Mundo . Lembre-se que para estas empresas transnacionais e multinacionais do sistema, o lucro é mais importante do que as pessoas, eles não se importam com você e nem com ninguém, você é apenas um ativo, se você ficar doente será descartado. Os globalistas não respeitam as minorias, eles tratam as mulheres, as crianças, os doentes, apenas como consumidores idiotizados de produtos que não valem nada, eles querem você perdendo tempo comprando seus produtos inúteis e não pensando.

Nós somos a única oposição existente, todos os partidos políticos estão sendo controlados pelas sociedades secretas (Maçonaria, Illuminati e etc), não existe um sistema maniqueísta de bem contra o mal, de partidos políticos de direita e esquerda, não existe outra nem qualquer oposição real contra o sistema existente, todos os partidos e grupos permitidos dentro da “democracia” são adeninas de um DNA doentio de lados diferentes da mesma moeda capitalista de um mesmo sistema comandado pelas sociedades secretas. Todos os grupos estão contra nós, representamos a única alternativa na luta anti-Sistema, esqueçam a falsa democracia, todos estão corrompidos.

A questão é: “por que deveríamos aceitar estes governos?”. Ele nos beneficia de alguma maneira? Contribui com nossos propósitos? Até aonde nossos princípios se encaixam com os deles? Tais governos representam absolutamente tudo que somos contra e os mantém de forma prática. A finalidade deste Sistema corrupto e de seus engenheiros sociais é criar uma sociedade que sustenta valores totalmente decadentes e materialistas. A sociedade que um dia foi realmente a brasileira agora está se tornando uma sociedade multi-cultural, graças aos nossos governos corruptos que querem a globalização e um sistema ditatorial e imperialista à nível mundial, ideologia pretendida por grupos internacionais comunistas e por sociedades secretas internacionais.

O Estado e suas instituições promovem uma verdadeira inquisição contra qualquer tipo de pensamento verdadeiramente brasileiro. Nós reconhecemos o Sistema, suas instituições e corporações como os nossos maiores inimigos.

Estamos numa verdadeira guerra, o Sistema fez sua declaração contra nós e vem fazendo tudo ao seu alcance para nos reprimir, é a hora de declararmos a nossa contra o sistema.

Precisamos de uma ideia, um sinal de renovação, a destruição de uma antiga ordem decadente e o início de uma nova. A Revolução não é apenas um direito natural, mas também um dever. Quando a situação presente mostra-se destrutiva e decadente, lutar pela sua destruição é a única atitude certa a se tomar.

É necessário a total aniquilação do Mundo que conhecemos, a destruição completa de todos os falsos valores sustentados por capitalistas e engenheiros sociais obcecados por idéias abstratas alheias a realidade. A decadência presente nas instituições, os problemas políticos, sociais, econômicos são mero reflexo do problema moral, do problema interior, assim sendo, a primeira revolução é sempre a pessoal. A globalização e o poder do capital internacional são uma ameaça à todos os altos valores, à todos os altos ideais. O individualismo foi a sentença de morte ao Ocidente, quando a noção de raça, povo, nação é destruída, quando o homem quebra com a tradição, com o sentimento natural de amor à terra, de amor aos antepassados, de identidade e se rende ao egoísmo. O individualismo é antinatural. O amor é um sentimento básico, é através dele que o povo mostra-se uma conseqüência natural. A civilização nunca é criada pelo sentimento individualista, e sim quando indivíduos têm consciência de que fazem parte de uma raça, possuem os mesmos antepassados, compartilham a mesma história e valores e trabalham juntos para o bem comum. O dever é uma manifestação do amor natural ao semelhante. Precisamos de uma verdadeira civilização, precisamos nós unir contra o sistema, mas não através de sociedades secretas internacionais, apoiada por traidores.

Temos que buscar pela excelência, é a vontade interior do homem pela evolução natural, é o instinto pela força, pela grandeza, pela beleza, uma vida digna é a única alternativa pela vida. Assim sendo, somos uma revolta contra a degeneração da modernidade, contra o espírito individualista propagado por pessoas doentias e imorais que estão controlando a nossa sociedade, através da corrupção e da destruição de nossos valores nacionais e patrióticos.

Vivemos na Idade das Trevas, uma nova vida representa a tendência histórica e natural de sair de um tempo mergulhado na degeneração, é o renascimento do espírito, um movimento revolucionário.

Muitos que se dizem nacionalistas se apegaram à um estereótipo que não condiz com a nossa verdadeira doutrina. Um estereótipo forçado que não é compatível à nossa situação revolucionária. O caráter conservador e reacionário nada tem a ver conosco. Não queremos conservar absolutamente nada deste mundo em ruínas, somos totalmente revolucionários. Definitivamente não queremos conservar a corrupção, os falsos valores, doenças da “civilização” moderna manifestadas pelo individualismo, capitalismo e globalização. Devemos nos tornar lutadores revolucionários numa guerra pelo fim deste Sistema opressor e espalhar nossa mensagem de liberdade e do início de uma nova era. Simplesmente somos contra todos os sistemas existentes no mundo, seja os capitalistas, os globalistas, os comunistas e todos os outros que até hoje estragaram este mundo.

Precisamos criar uma sociedade realmente civilizada, uma civilização que crê em valores nacionais para todos os brasileiros como Honra, Lealdade e Dever. Devemos ressuscitar o espírito guerreiro, o espírito natural e nobre da nossa nação. A criação de um novo tipo de indivíduo, dos espíritos livres que pensem e vivam com total liberdade. Precisamos de um movimento que se sustenta na excelência e que a procure por um novo homem, por uma auto-superação.

A Revolução prática pode ser desenvolvida de várias maneiras. Um confronto direto ao sistema deveria ser muito bem estruturado, mas devemos nos lembrar de que o Sistema sempre terá mais lacaios, vassalos, e mais recursos do que nós. Devemos espalhar a nossa mensagem de revolução e liberdade. É necessário recrutarmos a juventude e pessoas com ideais revolucionários, pois estes possuem o verdadeiro potencial, e não burgueses conservadores que protegem a corrupção e o “status quo”. Chamemos a atenção das pessoas sobre os problemas e males que nos afetam e mostraremos que podemos destruí-los.

Se o Estado nos reprime por força física, acreditamos que também devemos, quando possível, destruí-lo também por força física. Todos os governos que sustentam valores diferentes dos nossos são nossos inimigos e devem ser combatidos.

A Revolução pode ser feita através da destruição prática do Sistema, obtendo-se o poder não pelas vias eleitorais dentro do próprio Sistema “democrático” que está corrompido e comprado pelos capitalistas, mas sim criando uma sociedade paralela ao falso sistema que eles criaram, deixando esses vermes de lado e ignorando esses falsos representantes do povo. É preciso que haja uma grande quantidade de militantes e simpatizantes, precisamos de um número significativo.

A desestabilização do Sistema é nosso dever, tendo como finalidade a criação de um poder que negue totalmente o falso poder existente do Governo. O que for ruim para o governo é bom para nós. Através da total desordem do falso Sistema que o Governo criou, mostraremos seus pontos fracos e sua ineficiência.

Devemos trabalhar como peso e contra-peso, uma revolução sadia só pode ser desenvolvida quando há a criação de algo bom. Ao mesmo tempo que nos concentramos na destruição do Sistema, devemos também nos preocupar com a construção de algo positivo.

A partir do momento que o movimento tomar a direção certa, a nossa mensagem ficará mais clara e atrairemos cada vez mais pessoas bem intencionadas.

Quando fala-se no Ano Zero, fala-se na destruição de uma era, o fim da Idade das Trevas, uma renovação completa, a edificação de novos valores, não apenas no plano moral, mas também no plano político prático. O Ano Zero acontecerá quando vier a Revolução, é o início de um tempo de prosperidade, marca uma nova contagem, o surgimento de algo totalmente novo. O Ano Zero será o início da verdadeira civilização, a civilização única da liberdade.

Salve o Ano Zero e a nossa liberdade!

Próximo

Anterior

Deixe seu comentário

© 2009-2017 Intrometendo | Anuncie | Sobre | Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Alló Digital