Costumes dos Índios

Compartilhe:

Os índios são figuras enigmáticas e as vezes esquecida de nossa  história, com a exploração e colonização os índios foram expulsos de suas terras e muitas vezes desrespeitados.

São designados como povos aborígenes, autóctones, nativos, ou indígenas aqueles que viviam numa área geográfica antes da sua colonização por outro povo ou que, após a colonização, não se identificam com o povo que os coloniza. A expressão povo indígena, literalmente “originário de determinado país, região ou localidade; nativo”, é muito ampla, abrange povos muito diferentes espalhados por todo o mundo. Em comum, têm o fato de que cada um se identifica com uma comunidade própria, diferente acima de tudo da cultura do colonizador.

Costumes dos Índios

As tradições indígenas são muito fortes, com os povos aborígenes, autóctones, nativos, ou indígenas somente, encontrados na América.

Índios no Brasil

A presença dos índios no território brasileiro é de cerca de 12.000 anos anterior ao processo de ocupação estabelecido pelos colonizadores que chegaram no território onde é o atual Brasil. Segundo estimativas de alguns documentos feitos na atualidade, a população indígena brasileira variava entre três e cinco milhões de habitantes indígenas. Nessa vasta população, havia a presença de etnias de diferentes filiações linguísticas, entre as quais podem-se citar os panos, caribes, tupi-guaranis, jês e outros.

Aponta-se para uma tendência do índio passar a viver em cidades para poder estudar e ter acesso a outros recursos e o risco de favelização diante das dificuldades para se manter no meio urbano.

Reservas indígenas no Brasil

Como o próprio nome diz, Reservas Indígenas no Brasil, são áreas federais reservadas para a utilização dos indígenas brasileiros para servir-lhes como meio de subsistência. Essas áreas são importantes para conservação cultural brasileira. Em 2008, as áreas de reservas destinadas a grupos de indígenas no Brasil ocupavam cerca de 12,5% do território nacional.

No Brasil são 512 mil índios, distribuídos em 225 etnias com 180 línguas diferentes, as áreas dos índios ocupam cerca de 12,5% do território nacional.

Existem ainda diversos povos indígenas habitando o Brasil como o Náua, Tupinambá, Kaxixó, Kariri, Kalabaça, Tabajara, Tapeba, Pitaguary, Tremembé, Kanindé, Tupinambá, Kalankó e Pipipã.

A cultura dos índios tem grande diversidade, com sua própria educação, vida religiosa própria, artes e outras técnicas desenvolvidas por sua própria gente.

Costumes dos índios brasileiros:

  • Embora cada nação indígena possua sua própria cultura com hábitos e costumes próprios, existem alguns costumes que são comuns a praticamente todos os povos indígenas brasileiros. São estes que relacionamos abaixo:
  • Os índios brasileiros se alimentam exclusivamente de alimentos retirados da natureza (peixes, carnes de animais, frutos, legumes, tubérculos);
  • Costumam tomar banho vários vezes por dia em rios, lagos e riachos;
  •  Os homens saem para caçar em grupos;
  •  Fazem cerimônias e rituais com muita dança e música. Costumam pintar o corpo nestes eventos.
  •  Desde pequenas as crianças são treinadas para as atividades que deverão desempenhar na vida adulta;
  •  Realizam rituais de passagem entre a fase de criança e a adulta;
  •  Moram em habitações feitas de elementos da natureza (troncos e galhos de árvores, palhas, folhas secas, barro);
  •  Fazem objetos de arte (potes e vasos de cerâmica, máscaras, colares) com materiais da natureza. Esta atividade é desempenhada pelas mulheres das tribos;
  •  Tratam as doenças com ervas da natureza e costumam realizar rituais de cura, dirigidas por um pajé;
  •  Possuem o costume de dividir quase tudo que possuem, principalmente os alimentos;
  •  Possuem uma religião baseada na existência de forças e espíritos da natureza.
  •  A arma mais conhecida dos indígenas brasileiros é o arco e a flecha. Porém, eles fazem e usam outros tipos de armas como, por exemplo, o chuço (madeira com ponta de ferro afiada), a borduna (porrete de madeira) e a zarabatana (tubos feitos de bambu que servem para atirar setas através do sopro).